O Limbo…

 Romanino_Discesa-Limbo_Pisogne
O Limbo Misterioso da Religião
 
A Religião Católica, estruturada sobre um maravilhoso corpo de doutrina cheio de ciência espiritual, guarda nos seus símbolos e sacramentos uma sabedoria profunda, ainda que esquecida lamentavelmente. Daremos hoje uma breve nota sobre o Limbo, com o propósito de instruir os nossos leitores, sempre ávidos de conhecimento espiritual, prontos para buscar o conhecimento das coisas na sua própria origem.
O Limbo não é um lugar, um mundo, mas um estado, uma situação no plano espiritual, onde entramos ao morrer, e do qual não passam as almas, ou, melhor, os egos separados violentamente dos seus corpos. Deste estado se regressa novamente à vida material por meio de um renascimento, no mesmo sexo ou no oposto àquele que se tinha.
Quando a morte vem naturalmente, ao fim da vibração do arquétipo, o ego desprende-se do seu corpo físico e entra logo no Limbo, ainda inconsciente; e aí se encontra com as formas criadas pelos seus desejos de natureza inferior.
O Limbo é um vasto armazém ou museu de formas demoníacas criadas pelos seres humanos. Os Rosacruzes chamam a este plano espiritual "Mundo de Desejos"; no Oriente, onde predominou a língua sânscrítica, chama-se-lhe kamaloka. Esta palavra é composta por kama, o desejo inferior, e loka, o lugar onde pairam essas desagradáveis formas originadas nos desejos sórdidos.
De tudo isto se conclui que nós, ao deixarmos esta vida, vamos encontrar-nos com o que fizemos dando o nosso coração a práticas grosseiras, vis. Porém, o conhecimento não nos ajuda aí, visto que permanecemos num estado de inconsciência.
Os suicidas vivem largamente neste plano e dele hão-de voltar a esta vida por um novo renascimento, quando chegar a altura própria.
As crianças que morrem ao nascer ou de tenra idade, por via de regra até aos 14 anos, passam indiferentemente por este plano e entram logo no estado celeste, donde voltarão ao renascimento, em curto prazo. Algumas renascem muito depressa, em poucos meses ou anos, e quase sempre no mesmo sexo. Assim o temos verificado.
Não está certa a teoria religiosa a respeito do Limbo, pois ali ninguém se perde para sempre, mas apenas passamos, por ser o limiar do Mundo Espiritual, a nossa verdadeira pátria. Todavia, muitos, que viveram para a luxúria, ficam nesse estado muito tempo, pois até ignoram que morreram e desejam continuar dando largas à sua luxúria e maldade, buscando pessoas com tendências mediúnicas para se aderirem a elas e as induzirem à prática luxuriosa. Por esta razão, nunca será de mais aconselhar as pessoas a resistirem, por todas as formas, à influência dessas entidades perigosas, que pairam no Limbo. Podem levá-las à loucura e a práticas condenáveis, que conspurcam a sua moral e arrasam a sua vitalidade.
O Limbo é um grande perigo para os médiuns, pois as entidades mais facilmente podem comunicar com eles são as que pairam nas condições do Limbo; e são também os elementos utilizados na magia negra ou bruxaria.
O Limbo é a antecâmara do Purgatório, de que falaremos noutro artigo.
As crianças que morrem não passam do Limbo ao Purgatório, mas primeiro Céu, donde, novamente regressam à matriz, onde organizam um novo corpo para renascer.
Deus seria tremendamente injusto se deixasse ficar eternamente no Limbo as almas das crianças, que ficam sem os seus corpos ao nascer motivos estranhos à sua vontade. Por isso mesmo, baptizadas ou não, todas as crianças vão do Limbo ao primeiro Céu, onde se preparam para o renascimento num novo corpo.
Francisco Marques Rodrigues
 
Revista nº 357 / Jul / Ago / Set 2000
 
 
 

One thought on “O Limbo…

  1.                                                         Saludos desde mi Mar_azul
                                                                  Q tengas un buen dia
                                                                            Un beso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s