25 Abril ( breve resumo a pedido da Catarina minha sobrinha )

 
 
Para melhor entendermos esta data,  torna-se necessário recuarmos ao dia 16 de Março de 1974, quando uma tentativa falhada de  levantamento militar foi iniciada no Regimento de Infantaria nº5 , aquartelado nas Caldas da Rainha.
Segundo alguns analistas, tudo teria começado depois do lançamento do livro "Portugal e o Futuro " do General Spínola" ( nunca gostei dele, até porque era conivente com o governo da altura ), bem…adiante, esses militares revoltosos , ao que sei, não tiveram apoios e á entrada de Lisboa foram pura e simplesmente detidos, acabando por se renderem. No livro , Spínola considerava uma solução política para a guerra colonial e, penso que a maior razão da dita "revolução" foi precisamenete a guerra colonial; se vamos a ver, eram os desgraçados dos furrieis milicianos e os capitães  que davam a "carne para canhão" ! Ora, então deixemo-nos de hipocrisias!
Estava tudo mais ao menos preparado; nesse dia "D" as forças armadas pelas zero horas e vinte e nove minutos entravam por assim dizer em contagem decrescente aguardando a palavra de ordem, tipo: – " quem vem lá faz alto" para o pleno desencadear das operações.
A senha chegou via rádio, primeiro pela canção de Zeca Afonso, "Grandola Vila Morena" , transmitida na Rádio Renascença no então programa "Limite", e ás 22.55 com a célebra canção do Paulo de Carvalho " E Depois do Adeus"
Foram vários os aquartelamentos a aderirem ao movimento; agora sei o sentido do movimento, porque era preciso caminhar em "passo fantasma" . Desde a Escola Pratica de Cavalaria de Santarém, até á Escola pratica de Artilharia de Vendas Novas ( onde prestei serviço militar), passando por outras unidades de Mafra, Tomar, Figueira da Foz, Viseu, Estremoz, etc.
Ocuparam os pontos vitais de Lisboa por volta das 3 horas da madrugada, passando pelos estúdios da Rtp, Aeroporto, Emissora Nacional, Rádio Marconi e por volta das 4.30 dessa madrugada , na Rádio Clube Portugues foi difundido um primeiro comunicado onde se pedia á população portuguesa para manter a calma e serenidade!
Éramos vassalos de dois governantes: Marcello Caetano e o Almirante Américo Thomás, que também eram tratados por suas exºas, tipo engenheiro Sócrates, mas estes não estavam relacionados com casos de corrupção; era só uma ditadurazinha que não fazia mal a ninguém e dava emprego aos agentes da polícia politica da época , a tão temida Pide/Dgs, cujo presidente  (Silva Pais ), só aconselhava tortura em casos de pedófilia..rs, bem alguns bem mereciam, adiante….
Quase sem dispararem um tiro, esses heróis que não passavam de uns meros soldados embora com posto de oficiais, fizeram render o governo da altura, acabaram e extinguiram com a famosa "legião portuguesa," cujo passado remontava ao ano de 1936, com a Direcção Geral de Segurança (Pide), com a "Mocidade Portuguesa",entre outros organismos e abriram as portas á democracia em Portugal, passando nos entretantos por diversas divergencias entre militares que na época quase nos levavam para outro tipo de ditadura.
 
Eu teria na altura quase a tua idade Catarina, e o que mais me alarmava era a guerra e penso que os militares estavam fartos daquela situação, senão esse dia nunca teria acontecido ; tudo o mais é um aproveitamento para se fazerem passar por salvadores da "Pátria"
 
LIBERDADE
O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO
ABAIXO O FASCISMO, eram entre outras, as palavras de ordem que se gritavam nas ruas, porque o povo precisava de um futuro melhor!
Estavamos na Primavera….as pessoas vieram para as ruas e quiseram  simbolizar esse dia com cravos… então até nas espingardas metralhadoras dos militares os colocaram!
 
Kim
 
 
 
 

2 thoughts on “25 Abril ( breve resumo a pedido da Catarina minha sobrinha )

  1. Por favor,não sou portuguêsa,e se pudesse me ajudar sobre o 25 de abril,mas um resumo muito pequeno,pois tenho que falar sobre isto,+gostaria de pequenos detalhes que o levararam a isto.Muito obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s